views: 7434
18/05/16 20:45

Programa MasterChef Brasil leva ao ar episódio com cabeças de porcos e gera polêmica

Situação gerou desconforto inclusive entre participantes.

Programa MasterChef Brasil leva ao ar episódio com cabeças de porcos e gera polêmica
Foto: Reprodução / YouTube

O episódio desta terça-feira (17/05) do reality show gastronômico MasterChef Brasil, da Rede Bandeirantes, levou ao ar uma prova na qual os participantes tiveram que preparar receitas a partir de cabeças de porcos inteiras.

As cabeças chegaram em caixas de madeira, que surgem no programa em dias de provas com "ingredientes surpresa". Logo no início do episódio, a apresentadora Ana Paula Padrão cria um clima de suspense: "Bem-vindos a mais uma caixa misteriosa! O que tem dentro delas não é tão tradicional assim. Tá mais pra hardcore!"

Após descobrirem o que havia na caixa, alguns participantes demonstraram o clima de desconforto e tensão: _ "Tem uma cabeça de porco... cheirando cabeça de porco!" (Thaiana) _ "Se fosse o corpo inteiro, me dá muito menos agonia do que uma parada decapitada ali. Sei lá, me sinto na era da guilhotina." (Livia) _ "Eu não sei se rio ou choro! ... Nunca cozinhei cabeça de porco! Tá errado tudo!" (Lee)

Em seguida, a chef Paola Carosella, jurada do programa, convidou os participantes a dizerem "oi" pra cabeça de porco. Logo depois, outro comentário certamente convidou pessoas mais atentas à reflexão:

"Eu sei que a maioria das pessoas vai usar a bochecha. Mas eu hoje passo longe da zona de conforto ... eu ando desenvolvendo um relacionamento próximo com os animais que eu cozinho aqui, sabe? Semana passada teve Brigite, minha coelha, e hoje eu resolvi chamar meu porquinho de George. Que a minha sobrinha não veja que eu tô cozinhando o personagem favorito dela.", disse a participante Bruna.

Em outro local, uma máquina aguardava os participantes, que logo formaram uma fila para serrar as cabeças dos porcos ao meio, e ganhar tempo no preparo dos pratos. Neste momento, surgiu mais um comentário marcante: "Esqueci de despedir do meu amiguinho. Reverencio mesmo a vida deste porco, deste irmão, né? Somos todos seres em evolução no planeta.", afirmou a participante Vanessa.

Mais cedo, antes do episódio, o chef Henrique Fogaça, um dos apresentadores do programa, havia postado em sua página no Facebook uma foto onde segurava uma cabeça de porco e com a seguinte frase: "Hoje tem cabeça de porco no MasterChef. Quem vai assistir e não ficar criticando e aceitar que a realidade da humanidade é essa?" A postagem recebeu uma enxurrada de comentários, tanto de apoio quanto de repulsa, estes últimos não apenas de pessoas vegetarianas e veganas, mas também de pessoas que afirmaram comer carne. No entanto, após a polêmica, a postagem foi removida da página do chef.

Ana Paula Padrão, por sua vez, fez uma postagem em sua página no Facebook com a foto de uma das participantes próxima à cabeça de porco recém serrada, onde afirmou: "olha a situação dos cozinheiros do @masterchefbr amanhã... 10 e meia da noite, na Band." O post também está sendo alvo de vários comentários e reacendeu a discussão.

A participante Thaiana preparou um prato com o nariz do porco desidratado. No momento da avaliação dos pratos, sua receita impactou o jurado Erick Jacquin, e o levou ao seguinte comentário: "Você não tem noção da beleza da vida, né? ... Você vai achar ele dentro da feijoada, está tudo tranquilo. Mas lá, desse jeito, parece que o porco está me olhando."

No mesmo episódio, os participantes passaram, ainda, por uma prova de eliminação, na qual tiveram que preparar pratos com o peixe robalo. Acompanhando a polêmica após o episódio, a chef e jurada Paola Carosella teceu alguns comentários, em seu perfil no Twitter, enfatizando a hipocrisia de quem come animais, e incentivando às pessoas que o fazem a lidarem com a realidade: _ "é interessante que o peixe é lindo e a cabeça do porco é nojenta. os dois são animais mortos." _ "sabe aquele pacotinho embalado no plástico que vem dentro de um isopor sem olhos nem pés nem cabeça ? bom,essa "coisa" foi um animal" _ "vc sabe como são criados os bichos que vc come ? vc sabe o que eles comem? vc compra eles inteiros ? aproveita da cabeça ao rabo?" _ "é fato. comemos "animais "mas os chamamos de "proteinas" infelizmente tbm os criamos como "proteínas"e não como animais." _ "o primeiro paso é se reconectar com a realidade. saber que esses cubos empanados sem forma fritos foram um animal."

A situação, os comentários, e toda esta repercussão gerada pelo programa, nos dá a certeza de que muitas pessoas estão tentando acordar para a realidade da exploração animal, mas a tradição social e a propaganda da indústria ainda conseguem amortecer todos estes sentimentos dentro delas, para que evitem o conflito interno e sigam em frente achando que tudo isso é normal, afinal, todo mundo faz, exceto pessoas vegetarianas e veganas, "aquelas extremistas".

Compartilhe:
Siga o Mapa Veg:
Logo do Facebook Logo do Instagram Logo do Twitter Logo do Google+
Censo Veg
Quantas pessoas vegetarianas, veganas e simpatizantes existem no Brasil? Ajude-nos a responder. Cadastre-se e veja as estatísticas.
Siga o Mapa Veg:
Logo do Facebook Logo do Instagram Logo do Twitter Logo do Google+
Contato:
contato@mapaveg.com.br
© Mapa Veg | No ar desde Julho de 2012

Acesse sua Conta

Não tenho/esqueci a senha   Ainda não me cadastrei ×

Receber senha

×

×